quarta-feira, setembro 26, 2007

Uma Noite Recifense

A noite amanhece lá fora
E presenteia a todos com sua escuridão,
Minimizada por postes ligados em ruas desertas
Espantando de si as trevas
Da frieza e da solidão,
Nessa noite em que a própria lua perdeu
A si mesma.

O Recife parece dormir o sono
Dos milhões de filhos seus
Que de suas casas roncam em uníssono,
Melodias tocadas pelo próprio Morfeu.
- a cidade na madrugada
é um recipiente de sonhos -

Estás comigo em meu quarto,
E compartilhas dessa morbidez sonolenta unânime.
Teus olhos fechados, tua alma distante.

E eu não os fecho sequer um instante.

Sou o único na madrugada do Recife acordado,
Contemplando-te como um bêbado,
Apaixonado.

André Espínola

3 comentários:

Jessiely Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jessiely Soares disse...

Não há muito pra comentar, o texto é muito bem escrito, só pra variar e a idéia é perfeita.

Você é um dos melhores escritores que conheço... Orgulho danado de você...!!!!

Beijões... te amo.

Anônimo disse...

酒店經紀PRETTY GIRL 台北酒店經紀人 ,酒店經紀 酒店兼差PRETTY GIRL酒店公關 酒店小姐 彩色爆米花酒店兼職,酒店工作 彩色爆米花禮服店, 酒店上班,酒店工作 PRETTY GIRL酒店喝酒酒店上班 彩色爆米花台北酒店酒店小姐 PRETTY GIRL酒店上班酒店打工PRETTY GIRL酒店打工酒店經紀 彩色爆米花酒店兼差,酒店,