quarta-feira, abril 22, 2009

Solitude Noturna

Quando as luzes,
de súbito,
se apagam,

e ao redor tudo
é noite
verdadeiramente pura,
a única sem vaga
e sem lume,

vejo-me desesperado
na plena solitude,
onde mesmo ouvindo
a vida em mim,
eu não consigo
percebê-la.

então agarro-me
com todas minhas forças
à companhia
das estrelas

André Espínola

3 comentários:

Judô e Poesia disse...

Poema sensível e bonito. Gostei. "Agarro-me... à companhia das estrelas". Linda idéia. Abraços. Domingos.

Anônimo disse...

酒店經紀PRETTY GIRL 台北酒店經紀人 ,酒店經紀 酒店兼差PRETTY GIRL酒店公關 酒店小姐 彩色爆米花酒店兼職,酒店工作 彩色爆米花禮服店, 酒店上班,酒店工作 PRETTY GIRL酒店喝酒酒店上班 彩色爆米花台北酒店酒店小姐 PRETTY GIRL酒店上班酒店打工PRETTY GIRL酒店打工酒店經紀 彩色爆米花酒店兼差,酒店,

Thais disse...

Excelente!
Parabéns.