quinta-feira, outubro 20, 2005

kd Anedota

awe

Num agradável fim de tarde, na cidade do Recife, dois amigos se reunem para conversar na Praça do Derby, tomar alguma coisa, quem sabe até ficar ébrio. Em meio a uma empolgada conversa, risos alegres e excitantes, aproxima-se de repente uma sombra, com um ar taciturno, que, por fim, mostra ser um homem um homem, cambaleante, chega mais e mais perto dos nossos personagens. Um deles comeca a rir, e diz - Aquele cara é que está bêbado - e solta uma risada ainda mais profunda.

Ninguém, na verdade esperava o que realmente estava por vir. Um fato que marcaria definitivamente toda a vida destes dois personagens da nossa história. Não obstante, o homem cambaleante, para a surpresa dos dois amigos, chegou à frente destes, com o semblante demonstrando estar demasiadamente embriagado.

A conversa empretada pelo senhor esquisito foi um tanto quanto engraçada. Provalvemente o termo um tanto quanto não corresponde com a realidade. Quando o senhor se aproximou, com o semblante soturno, demandou a falar:

- Olá pessoal, tudo bem com vocês, queria saber se vocês têm um violão pra mim dar ?

Ao qual respondeu nosso primeiro personagem, com um ar de deboche:

- Rapaz, um violão tá difícil - e comecou a rir - É meio carinho.

O senhor misterioso ficou impressionado, parecia que ele não esperava tal resposta. Nisso, após algum tempo meditando o seu próximo passo, viu uma garrafa com alguma bebida alcoolica e concomitantemente falou aos amigos:

- É que eu sou alcoolatra, vocês poderia me arranjar um trago disso aí só para eu ficar legal?

O qual obteve a seguinte resposta:

- Pow, é que já ta no finalzinho, esse resto é só pra dividir entre a gente mesmo, tá ligado?

Pareceu aos garotos que essa resposta não foi exatamente o que ele estava esperando. Surgiu então um sentimento de condescendência nos nossos heróis. Quando eles estavam prestes a oferecer um trago, o senhor ébrio começou:

- Eu posso cantar Elvis Presley, gostou muito de Elvis Presley, Posso cantar

Nossos amigos que não iriam perder a piada, apesar de já terem em mente em dividir com seu novo amigo pediram:

- Canta Elvis Presley! Canta!

Passados menos de 5 segundos, o alcoolatra senhor debandou a cantar paravras inteligíveis que levaram nossos amigos ao delírio, comecaram a rir, e muito, na frente do senhor mesmo e nisso ele se empolgou e, mesmo com o nosso personagem colocando um trago bem pequeno num copo pra ele, ele não parou de cantar, se empolgou

Quando finalmente ele bebeu o que nossos heróis haviam oferecido com todo o coração, já um pouco érbios, o senhor fala surpreso:

- Mas isso tem gosto de coca! Isso tem gosto de Coca! Tá muito fraco, mas é bom porque eu não fico muito doido!! - E começa a rir um sorriso demoníaco

iaeuhiueaheaiuheauieahuieahiueaheaeauheiauhaeea

porra
best ever eaiuheaiheaiuheaiuiauehea

2 comentários:

Yves disse...

ueihiahuiahiahiueahuiuieiahuaheuih
euieauieahuiaeuiaehiuaehuiaehuiaehui
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
/me rindo pra kct
quem são os 2 personagens dessa historia? O.o
acho que faltou alguns detalhes ae u.u
mas é best anedota ever
aiiii louveeee maiiiii mouterrrrrr
euihuihuiahuiaehuiaehiahui

pâmella disse...

meu deuso do céu.. o.O esse tipo de coisa existe? aehuaheuaheuaheuhae