segunda-feira, janeiro 05, 2009

Sobre não fazer nada e querer morrer


essa noite eu resolvi
não fazer nada.

somente beber
e esperar por algo maior.

fiquei olhando pela janela

as nuvens abraçando a lua,
a lua querendo morrer abraçada
às nuvens e as estrelas
que só brilhavam na sua alegria
entediante.

o sol já rompia o hímen
do horizonte

e nenhuma nuvem desceu
pra me abraçar.

André Espínola

9 comentários:

Anônimo disse...

acho q me apaixonei...

Flávia disse...

Tmbém ficaram me devendo esse abraço.

José Paulo Coelho Faradji Chadan disse...

cara, me add no msn, eu perdi o seu. jchadan@hotmail.com

qria q vc le-se meu poema FAIXA DE GAZA e me de-se sua opinião.

flow!!

Gigio disse...

é legal.

Jessiely Soares disse...

é fantástico.

E o poeta... ai ai, nem se fala.

Amooooo!

quem? disse...

que bela poesia poeta! prazer te ler! na janela...

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Quem não acredita disse...

Aterrorizador o sentimento de morrer lentamente na loucura...
bjs vagabundos

smallawei disse...

煙火批發,情趣,情趣,情趣用品,情趣用品,節慶鞭炮,傳統蜂炮,情趣用品,情趣用品,視訊,免費視訊,煙火,煙火工廠,煙火,煙火,煙火,視訊,正妹視訊,真愛密碼,真愛密碼,衣蝶,衣蝶,情趣,情趣,AV女優,AV女優